domingo, 28 de outubro de 2012


Invades a sala
Feito bicho
Faz-me cativo
De tuas imagens

Olha-me entre versos, mulher
Sorri com tuas presas
Na monotonia de quem sou

Invades a sala
Leoa!
Que fiz dançar as palavras
só pra te chamar assim!

6 comentários:

  1. Lendo um texto de Benjamin lembrei de você e de sua imensa capacidade de criar (por sua industriosidade transformadora!). Diz o autor: "Para os grandes, as obras acabadas têm peso mais leve que aqueles fragmentos nos quais o trabalho se estira através de sua vida. Pois somente o mais fraco, o mais disperso encontra sua incomparável alegria no concluir e se sente com isso devolvido à sua vida. Para o gênio, toda e qualquer cesura, os pesados golpes do destino como o suave sono, cai na industriosidade de sua própria oficina trabalho. E o circulo de sortilégio dela, ele o traça no fragmento. "Gênio é industriosidade."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Admirada com tuas colocações!
      sempre!OBRIGADA!!

      Excluir